Hoje apresentamos o caso da Banny.

Deu entrada no Hospital com paraplegia (sem movimento voluntário dos membros posteriores).

Após realização dos meios de diagnóstico e identificação da lesão (local exacto da lesão na medula) através de tomografia (TAC), decidimos que deveria seguir para cirurgia.

Apesar da lesão ser muito vasta, a cirurgia correu bem e a Banny recuperou totalmente como podem ver no vídeo que vos deixamos aqui. 💜